A busca por uma vida de gratidão

A busca por uma vida de gratidão

“Entrai por suas portas com ações de graças e nos seus átrios, com hinos de louvor; rendei-lhe graças e bendizei-lhe o nome”. (Sl 100.4)

Buscando por uma definição, encontramos que gratidão é um sentimento de reconhecimento, uma emoção por saber que uma pessoa fez uma boa ação, um auxílio, em favor de outra. Gratidão é uma espécie de dívida, é querer agradecer a outra pessoa por ter feito algo muito benéfico para ela.A gratidão pode ser, ainda, uma emoção que envolve um sentimento de dívida emotiva em direção de outra pessoa.

A revista “Teologia Brasileira”, descreve uma história judaica que ilustra muito bem o conceito de gratidão. Conta-se que Abraão recebia peregrinos e os alimentava. Depois, Abraão convidava-ospara agradecer e louvar a Deus. Caso os peregrinos se recusassem a render graças ao Deus de Abraão, então o patriarca dizia veementemente: “Então pagas o que deves”.

Podemos notar, por experiência e observação, que a maioria das pessoas não são gratas por uma gentileza que alguém lhes prestou, seja uma ajuda financeira, um favor ou um auxílio em qualquer área da vida. É fato que o ser humano precisa caminhar muito no aprendizado de ser grato e esse mesmo comportamento se repete em relação a Deus. Recebemos da parte do Senhor inúmeras bênçãos, mas negligenciamos a gratidão em grande parte delas.

Entretanto, existem exceções. Em alguns países existe um dia em especial em que as pessoas agradecem, geralmente a Deus, por todas as dádivas recebidas. O Dia de Ações de Graças (Thanksgiving Day), comemorado principalmente nos EUA, tornou-se tão importante para essa nação, que foi transformado em um feriado. Todos os anos, na quarta 5ª feira do mês de novembro, as pessoas celebram a data com festas e orações.

No Salmo 100, podemos aprender com o salmista um pouco do significado de gratidão. Ele nos convida a louvar a Deus, a estarmos diante Dele com alegria, com cânticos e ao mesmo tempo em que faz o convite, elenca e descreve vários motivos pelos quais devemos ser gratos ao Senhor. Vejamos:

1) Ele é Senhor e Deus: Nós temoso privilégio de sermos súditos e servos deste Senhor e ao mesmo tempo sermos seus filhos por adoção em Cristo Jesus. Não há nome maior que o Dele e não há nenhum deus digno de honra e adoração como Ele. “Pois quem é Deus, senão o Senhor? E quem é rochedo, senão nosso Deus?” (2º Sm 22.32). Quem serve a este Senhor não está debaixo de opressão, mas cheio de vida e graça.

2) Ele é o Criador e Sustentador de Nossas Vidas:Ele é o Deus criador de todas as coisas, fez vir a existência as coisas que ainda não existiam. No Salmo 33.9 Lemos: “Pois ele falou, e tudo se fez; ele ordenou, e tudo passou a existir. ”Através de seu poder as coisas não só foram criadas, mas são continuamente sustentadas. Não somos resultado de uma mera obra da natureza, como alegam os evolucionistas. Somos, porém, seres criados à imagem e semelhança de Deus e Ele tem cuidado, acompanhado e sustentado nossas vidas. “O Senhor é o meu pastor; nada me faltará” (Sl 23.1) e ainda “pois nele vivemos, e nos movemos, e existimos, como alguns dos vossos poetas têm dito: Porque dele também somos geração.” (Rm 17.28)

3) Ele é bom, Misericordioso e Fiel: Deus é a expressão máximae perfeita de bondade, misericórdia e fidelidade. Ele nos recebe em Sua presença, acolhe-nos com amor e renova sua misericórdia em nossa vida a cada manhã. Sua fidelidade subsiste para sempre (Sl 117.2). “Aleluia! Rendei graças ao Senhor porque ele é bom; porque a sua misericórdia dura para sempre”. (Sl 106.1)

Diante desse Senhor, certamente deveríamos agir como o salmista e perguntar: Que darei ao Senhor por todos os seus benefícios para comigo? (Sl 116.12). A resposta a essa pergunta é: você nunca conseguirá retribuir. Resta-lhe prostrar-sediante Dele, em adoração, louvor e com toda a sua força agradecê-Lo pelas dádivas recebidas. Que tenhamos um coração com um contínuo sentimento de gratidão e celebremos com ações de graças sempre, proclamando em alta voz: “A ele seja a glória, na Igreja e em Cristo Jesus, por todas as gerações, para todo o sempre. Amém.” (Ef 3.21).

One Comment

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *