Onde Está o teu Tesouro?

Onde Está o teu Tesouro?

“porque, onde está o teu tesouro, ai estará também o teu coração” (Mt 6.21)

Jesus, em sua sabedoria, muitas vezes usou coisas simples do nosso cotidiano para que pudéssemos entender bem a sua mensagem. Esse versículo, em particular, fala sobre tesouro e a relação entre ele e o nosso coração.

É possível que o nosso coração esconda algo terrível que nós abominamos como cristãos. Estou falando sobre a idolatria. Idolatria não é tão somente adoração de ídolos, mas é colocarmos pessoas ou coisas no trono de nossa vida, no lugar que deve ser ocupado somente pelo Senhor. Não são poucas as vezes que trocamos o Senhor Jesus por outras coisas menores e tentamos nos justificar diante dos homens. Porém, não podemos fazê-lo diante do Pai Celeste, que tudo vê e perscruta o nosso coração.

O meu comportamento diário, minhas escolhas e ações, revelam o que é importante para mim e a forma com a qual eu dirijo minha vida. Nosso coração está sempre sendo governado por algo ou alguém. O que controlar o seu coração, controlará também os seus desejos, as suas reações, o seu modo de se relacionar com as pessoas, enfim, a sua trajetória de vida. Fica claro, no contexto dessa passagem, que só existem dois tipos de tesouros: o terreno e o celestial.

Outro fato importante é que seja qual for o tesouro que escolhermos, será ele que governará a nossa vida. A coisa mais trágica que pode acontecer em nossas vidas é abraçarmos o tesouro errado, pois para ele viveremos, e ele exercerá o controle primário de nosso viver. Por esta causa, Jesus traz a solene advertência às nossas vidas.

Você provavelmente já sabe que as coisas nas quais colocamos nosso coração nunca permanecem sob o nosso controle. Na maioria das vezes, ou melhor, sempre elas nos controlam, nos escravizam e nos tornam dependentes. Lutero disse certa vez que “o deus de um homem é aquilo que ele ama”. O que consideramos tesouro é aquilo que atrai a nossa atenção e o que nos desgasta as forças. Paul D. Tripp ao comentar esta passagem, fala a respeito de três princípios que precisam ser considerados:

  1. Todos buscam algum tipo de tesouro. (Esse é o pressuposto básico de Cristo);
  2. Seu tesouro controlará o seu coração. (Porque onde estiver o teu tesouro, aí estará também o seu coração);3
  3. O que controla o seu coração controlará o seu comportamento. (Ninguém pode servir a dois senhores).

As Escrituras afirmam: “Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e desesperadamente corrupto; quem o conhecerá? Eu, o Senhor, esquadrinho o coração, eu provo os pensamentos; e isto para dar a cada um segundo o seu proceder, segundo o fruto de suas ações” (Jr 17.9-10).

O estado de uma fonte mostra a qualidade da água que jorra dela. O estado do coração define o homem e as suas atitudes para com Deus e seu próximo. Faça um exame sério de sua vida, e responda no mais íntimo de sua alma: Que tipo de tesouro tem controlado o seu coração?

Que o Senhor nos ajude a buscar os tesouros eternos.

Pr. Fábio B. Coutinho