Questões para autoavaliação

Questões para autoavaliação

young businessman has an idea

Questões para Autoavaliação


 

Ano novo é uma época para tomada de decisões e compromissos em prol de uma vida melhor. Essa prática pode ser errada se colocamos nossa confiança em nós mesmos antes que no poder do Espírito Santo para operar as mudanças realmente necessárias. Todavia, as resoluções podem ser úteis para orientar nossas prioridades e alvos no novo ano.

A dificuldade de alguns na tomada de decisões em prol de mudanças é o fato de não saberem ao certo por onde começar. Dessa forma, fazer algumas perguntas de autoavaliação ajuda a ordenar as prioridades e estabelecer alvos realistas. Abaixo você encontra uma sugestão de perguntas a serem feitas que podem auxiliar nesse sentido. Outras poderão ser acrescidas, mas a lista abaixo poderá servir como ponto de partida.

  1. Estou dedicando tempo para a leitura calma e memorização da Palavra de Deus? É incrível como essa pergunta é relevante, pois parece ser essa a pedra de tropeço de muitos cristãos. Facilmente permitimos que outras coisas e atividades ocupem o tempo de nossa devocional, meditação e reflexão da Palavra. O problema é que sem alimento não conseguimos realmente crescer espiritualmente!
  2. Estou conseguindo disciplinar o uso da tecnologia e evitar que os “aparelhos” acabem me distraindo e me desviando daquilo que realmente é importante? Essa parece ser uma luta diária e se não for travada com seriedade acabamos trocando pessoas por coisas, relacionamentos presentes por interações virtuais etc.Estou cultivando tempo consistente em oração pela minha vida e por outras pessoas? Certamente nós oramos, mas tempo consistente para a oração é algo a ser cultivado, especialmente no que diz respeito a orar por outras pessoas, pelos seus problemas e dificuldades.
  1. Estou dormindo o suficiente? Embora alguns pensem que o “tempo é a gente que faz”, o fato é que tempo não é elástico e as horas de sono perdidas nunca são recuperadas, pois nosso corpo realmente necessita de repouso de qualidade. As horas a mais diante da TV ou do computadorà noite não são substituídas pelas sonecas diárias, e isso atrapalha tanto o sono da noite como a produtividade no outro dia.
  2. Estou cuidando do meu corpo como devia? Embora essa pergunta esteja relacionada com a anterior, o que se contempla aqui é a necessidade de exercícios físicos rotineiros, o controle com a qualidade e quantidade que comemos ou bebemos etc. A maneira como tratamos do nosso corpo afeta nossa disposição, raciocínio e até humor.
  3. Estou sendo mais paciente com meus familiares quando eles agem de maneira infantil ou inesperada? Geralmente perdemos a paciência com os que estão mais próximos, mas o fato é que nos momentos mais necessários é justamente a família que estende a mão, oferece o ombro e nos ajuda a caminhar!
  4. Quando estou em casa, estou realmente presente ou minha mente continua a vagar? Presença não é apenas um fenômeno físico, mas também participativo e interativo.
  5. Tenho feito algo além do ordinário para cultivar meu relacionamento com o meu cônjuge? É surpreendente considerar como facilmente deixamos de cultivar o relacionamento conjugal! O problema é que quando a intimidade azeda parece ser muito mais difícil recuperar o tempo perdido!

Como foi dito, esta lista não é exaustiva e talvez você tenha outros tópicos para acrescentar. Todavia, por que não começar com estas perguntas?

0 Comments

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *