Um tesouro acessível

Um tesouro acessível

“O reino dos céus é também semelhante a um que negocia e procura boas pérolas; e, tendo achado uma pérola de grande valor, vende tudo o que possui e a compra.” (Mt 13.45-46)

Em março de 2017, Kalel Langford, 14 anos, e sua família pagaram dez dólares de entrada no Crater of Diamonds State Park, em Murfreesboro, Arkansas. Trinta minutos mais tarde, caminhando à margem do rio, ele se abaixou para pegar uma pequena pedra marrom que chamou a sua atenção. Essa pedra era, na verdade, um diamante de 7,44 quilates, que, de acordo com a política do parque estadual, passou a ser sua propriedade. [1]. Esse não foi um episódio isolado. Na história desse parque, muitos outros valiosos diamantes foram encontrados. Mas, uma pedra desse tamanho e com esse valor, totalmente à vista, tornou a história desse menino invejável. 

Tenho uma excelente notícia para você: existe um tesouro inestimável e inesgotável à sua disposição todos os dias. Não se trata do diamante de Kalel Langford, mas de algo surpreendentemente melhor, maior e muito mais valioso. Algo que nunca será destruído ou roubado, mas que durará eternamente. Existe relato de que, para adquirir esse tesouro, um homem vendeu tudo o que tinha (Mt 13.44). Estou falando do reino dos céus, cuja história está no Evangelho segundo Mateus. O verso acima indicado é apenas uma parábola, pois ainda que um pecador venda tudo o que possui, não é capaz de comprar a sua salvação. Entretanto, o texto bíblico ilustra e indica a preciosidade do Reino de Deus, um tesouro supremo e inesgotável que satisfaz plenamente as necessidades do coração humano. Ele produz paz, alegria e satisfação interior. 

Um excelente exemplo de alguém que achou esse tesouro foi o apóstolo Paulo quando registrou: “Sim, deveras considero tudo como perda, por causa da sublimidade do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; por amor do qual perdi todas as coisas e as considero como refugo, para ganhar a Cristo” (Fp 3.8).

Pense em outros, além de Paulo, que alcançaram esse precioso tesouro e exultaram de alegria. Natanael disse: “Mestre, tu és o Filho de Deus, tu és o Rei de Israel” (Jo 1.49). A mulher Samaritana anunciou: “Vinde comigo e vede um homem que me disse tudo quanto tenho feito” (Jo 4.29). O cego de nascença exclamou: “uma coisa sei: eu era cego e agora vejo” (Jo 9.25). O tesouro chegou até essas pessoas sem sequer terem procurado por ele. Foi puramente pela graça e misericórdia de Deus.

Em Colossenses lemos a respeito de Jesus: “em quem todos os tesouros da sabedoria e do conhecimento estão ocultos” (Cl 2.3). Diante da majestade e glória de Cristo, todas as riquezas materiais do mundo ficam opacas e sem valor. Quem encontra Jesus, encontra a vida, a riqueza e a entrada para o reino eterno de Deus. Nada, é tão precioso como Cristo Jesus e a salvação por Ele proporcionada. 

O reino dos céus nos é presenteado através do sacrifício vicário de Jesus. Não precisamos pagar um ingresso para acharmos esse grande tesouro. Deus nos instrui, diariamente, quando vamos à sua Palavra, a Bíblia, e ali temos além do maior tesouro – a salvação em Cristo Jesus -, belíssimas e abençoadas instruções para a nossa vida. 

O tesouro é acessível, precioso, de graça, imperdível e está à sua disposição diariamente. Abrace esse tesouro, ame-o e viva para Ele e por Ele. 

Pr. Fábio B. Coutinho

[1] Alexandra Larkin, “Boy Finds Huge 7.44 Carat Diamond in State Park”, CNN.com, March 16,2017. Disponível em http://www.cnn.com/2017/03/16/us/arkansas-boy-diamond-trnd/.

0 Comments

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *